(Foto: Lucas Merçon - FFC)

O Fluminense teve de trabalhar duro para sair de campo, na última quarta-feira, com os três pontos. Mesmo longe de fazer uma grande partida, a equipe comandada pelo técnico Roger Machado conquistou o triunfo, de virada, por 2 a 1, no Maracanã.

Em entrevista coletiva após o triunfo pela Libertadores da América, o treinador fez questão de elogiar o oponente colombiano, destacando que o Fluminense não deixou buracos em campo.

– Não concordo inteiramente. Sofremos pela qualidade do adversário, que conseguiu se impor mesmo fora de casa. A característica das equipes colombianas é ter a posse, colocar seis, sete jogadores na frente da linha da bola. Isso faz com que tenham mais a bola, mas também dá ao adversário chance de contra-atacar. Nossos dois gols foram de contra-ataque. Por mais por vezes que dentro de casa pareça que estamos jogando como visitante, a estratégia contra um time que se abre muito, usa uma linha de três muito em amplitude, vai dar o contra-ataque. Então por vezes é estratégia do jogo, por outras uma tentativa de marcar mais alto. O time ficou espaçado pela qualidade do adversário, mas quando a gente retomou, sobretudo no segundo tempo, conseguiu encaixar os contra-ataques que nos deram essa virada e esses três pontos importantes – disse.