Sondado pelo Flu, Erick é visto como possível salvação para crise financeira do Náutico

Botafogo e clube português também demonstraram interesse pelo atacante do Timbu

Presidente do Náutico admite pensamento de vender alguns jogadores para respirar financeiramente até o fim do ano

Um dos nomes cotados para reforçar o Fluminense, Erick é visto no Náutico como possível salvação para sua crise financeira. Além do Tricolor, o Botafogo já chegou a fazer uma proposta pelo atacante. O Braga, de Portugal, é outro clube interessado.

A multa rescisória de Erick com o Náutico giram em torno de R$ 12 milhões. O Botafogo quase o levou. Na negociação, a diretoria pernambucana fixou o valor de R$ 2 milhões para vender 50% de seus direitos econômicos, desde que R$ 500 mil fossem pagos à vista e o Alvinegro cedesse três jogadores. Só desandou porque o zagueiro Renan Fonseca não quis se transferir para o Recife. O contrato do atacante com o Timbu, renovado em janeiro deste ano, vai até dezembro de 2019.

Presidente do Náutico, Ivan Brondi, reconhece a necessidade de vender algum jogador neste ano.


– Nós temos a esperança de vender alguns jogadores, que possam vir a dar um certo conforto do ponto de vista financeiro para tocarmos até o final do ano – afirmou.

Erick tem 19 anos de idade. Os clubes da Série A têm até o dia 8 de setembro para registrar novos jogadores.