(Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC)

O Fluminense pode ganhar um desfalque importante nos próximos jogos. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) marcou para quinta-feira, dia 22, o julgamento de Abel Hernández, pela expulsão no jogo Fluminense contra o Corinthians do dia 27 de junho, em São Januário, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro que terminou em 1 a 1.

O atacante foi expulso aos 4 minutos da segunda etapa após chegar com muita intensidade nas pernas do volante Gabriel. Na súmula da partida, o árbitro Sávio Ferreira Sampaio alegou que o atleta cometeu um “jogo brusco grave” por “pisar com uso de força excessiva na disputa de bola”.

O uruguaio foi enquadrado no artigo 254 II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva que fala em “praticar jogada violenta” por “atuação temerária ou imprudente”. Caso seja tido como culpado, a pena varia de um a seis jogos de suspensão, mas pode ser transformada em apenas uma advertência se a infração for de gravidade considerada pequena

Vale destacar que independente do lance, todo jogador que recebe cartão vermelho em uma partida é julgado pelo tribunal.