Ainda sofrendo com os atrasos salarias, o STK Fluminense Samorin segue buscando a classificação para a primeira divisão da Eslováquia. E neste final de semana, a filial do Tricolor na Europa tem pela frente um adversário tradicional do país e com uma curiosidade, pois disputou a fase de grupo da Champions League, eliminando clubes tradicionais como o Porto-POR e o Celtic-ESC.

O FC Petržalka, clube da capital eslovaca, Bratislava, surpreendeu a Europa na temporada 2005/06 ao se classificar para a fase de grupo da Champions League e eliminar equipes tradicionais do Velho Continente. Antes de entrar no Grupo H, ao lado da Inter de Milão-ITA, do Rangers-ESC e do Porto-POR, o adversário do Samorin neste sábado aplicou uma goleada de 5 a 0 no Celtic-ESC. Na fase de grupos, os eslovacos não fizeram feio. Venceram o Porto-POR por 3 a 2 no Estádio do Dragão, empataram com os portugueses na Eslováquia, empataram com o Rangers-ESC em casa e só não conseguiram a classificação por perder os dois jogos para a Inter de Milão-ITA, sendo que um deles foi por apenas 1 a 0. O FC Petržalka foi o primeiro clube da Eslováquia a chegar tão longe, após a independência do país, em 1993. Porém, não foi o único a participar da fase de grupos da Champions, após a criação da liga eslovaca em 1994. O MSK Zilina jogou a competição na temporada 2010/11.

Com problemas financeiros em 2010, o FC Petržalka foi rebaixado de divisão e chegou a fechar o clube em 2013. Porém, em 2014, com um novo dono a equipe voltou a jogar futebol profissional e veio subindo de divisão temporada após temporada até voltar neste ano para a Liga II, onde enfrenta neste sábado o STK Fluminense Samorin.


O duelo entre as duas equipes acontecerá no Estádio Petržalka, em Bratislava. Atualmente na 10ª colocação na Liga II com uma vitória, um empate e uma derrota, o STK Fluminense Samorin espera repetir a boa atuação desta semana pela Copa da Eslováquia, quando venceu por 8 a 0, fora de casa, conquistar os três pontos e subir na tabela rumo à Liga Fortuna. Vale lembrar que a meta do Samorin é subir para a primeira divisão da Eslováquia até a temporada 2019/20 e participar de uma competição europeia até 2021/22.