O Fluminense foi o único brasileiro convidado para participar do Torneio Internacional do Caribe Sub-15, que contou com equipes da França, da Inglaterra, além de seleções caribenhas. O Tricolor ficou em segundo lugar, fez bons jogos e encantou os torcedores de Guadalupe, onde foram realizados os jogos. O time do técnico Gustavo Leal acabou perdendo o título para o Olympique de Marseille, por 2 a 1, em um jogo que foi dominado pelos Moleques de Xerém.

Mais importante que o resultado foi a marca que o clube deixou no Caribe. A molecada jogou muita bola, encantou, ganhou o coração dos torcedores, virou notícia e fez partidas incríveis, sempre respeitando a filosofia de jogo da base do Fluminense, que preza pela posse de bola objetiva, um futebol ofensivo e envolvente, com dribles e jogadas bonitas. Jefferson foi considerado o craque da competição e o Tricolor eleito o melhor time, mesmo ficando em segundo.

– Foi um momento especial para o Fluminense. Não conseguimos o título, mas certamente os meninos voltam para o Brasil mais fortalecidos com tudo o que viram e aprenderam aqui em Guadalupe. Fizemos grandes partidas, a torcida nos abraçou graças as nossas atuações e a imprensa local nos elogiou muito. É gratificante participar deste momento de formação destes meninos. Este projeto do Fluminense de levar os meninos para fazer jogos internacionais é muito importante, os meninos se desenvolvem muito mais rápido, conhecem uma nova cultura, é espetacular – disse o técnico Gustavo Leal.



Confira os resultados do sub-15 do Fluminense no Torneio Internacional do Caribe:

1ª fase

Fluminense 1 x 0 Haiti
Fluminense 3 x 2 Guadalupe
Fluminense 2 x 1 Olympique de Marseille

Quartas de final

Fluminense 2 x 0 Tottenham

Semifinal

Fluminense 1 x 0 Guiana

Final

Fluminense 1 x 2 Olympique de Marseille