Superintendente da Caixa explica por que não patrocinará o Flu

Superintendente da Caixa explica por que não patrocinará o Flu

caixa1O Fluminense não será patrocinado pela Caixa Econômica Federal. Em entrevista ao site “Conversa Afiada”, do jornalista Paulo Henrique Amorim, da Rede Record,  Gerson Bordignon,  Superintendente Nacional de Promoções e Eventos do banco, revelou o motivo. No papo, o jornalista revela ser torcedor tricolor e pergunta a lógica de a Caixa patrocinar o Corinthians e não o Flu.

– A lógica é a seguinte: tamanho de torcida, audiência, em função de transmissão dos jogos e a própria exposição da marca na internet e jornais, pois a Caixa, como banco, tem interesse em negocio com torcedores, e a exposição da marca, que é o principal item. Se analisarmos os dados todos das pesquisas, Corinthians e Flamengo são as maiores exposições do futebol brasileiro – disse Gerson.

No fim da entrevista, Paulo Henrique Amorim faz um apelo ao executivo do banco estatal:  “Em nome da gigantesca torcida do Fluminense, sugiro que você reavalie os seus cálculos, enquanto o Fred não se aposenta”.

– O Tricolor é um bom time. Mas não é só o seu que não conta com o patrocínio da Caixa. O meu também não. Sou Internacional – encerrou o superintendente da Caixa.

Negociando com o Corinthians, a Caixa Econômica Federal patrocinará, por enquanto, dez clubes brasileiros. São eles: Flamengo, Cruzeiro, Atlético-MG, Coritiba, Atlético-PR, Sport, Vitória, Chapecoense, Figueirense e CRB.


Sem comentários