Marco Brito diz que todos sentiram muito a atmosfera da final (Foto: Divulgação - FFC)

Ex-atacante com boa passagem pelo Fluminense, Marco Brito hoje é supervisor técnico do futebol feminino no clube. E já viveu uma forte emoção na temporada passada. Afinal, a equipe tricolor superou o Internacional numa batalha épica na final do Campeonato Brasileiro sub-18.

Depois de vencer por 2 a 1 nas Laranjeiras, as meninas perderam por 4 a 1 fora (no feminino sub-18 o saldo não conta) e foram conquistar a taça com um 7 a 6 nos pênaltis. Marco Brito conta os bastidores daquele dia inesquecível para ele.

— Todos estavam sentindo a atmosfera daquele jogo. Quando a partida vai para os pênaltis, o controle emocional conta muito, e as meninas estavam sentindo bastante. Eu lembro que tentei passar a vivência que tive de outros tempos. Falei para elas tentarem manter a tranquilidade, confiarem nas companheiras e o mais importante, baterem as cobranças do jeito que haviam treinado, pois o aproveitamento durante a semana havia sido muito bom. O controle emocional realmente contou bastante, e no final foi uma explosão de alegria muito grande – disse.

Revelado no Fluminense, Marco Brito disputou 146 jogos e fez 29 gols pelo Tricolor entre 1995 e 2003. Foi campeão carioca em 2002.