(Foto: Lucas Merçon/FFC)

O 2 a 2 com o Barcelona de Guayaquil (EQU) no Maracanã deixa o Fluminense em situação delicada para o jogo da volta das quartas de final da Libertadores, na próxima quinta, no Equador. Precisará vencer, ou empatar por 3 a 3 em diante para avançar às semifinais.

Na visão do técnico Roger Machado, o Fluminense controlou a maior parte do jogo, mas acabou cometendo erros pontuais que custaram a vitória contra os equatorianos.

– Não tivemos queda de rendimento substancial que justificassem os dois gols do adversário. Foram dois lances pontuais: uma penalidade e um equívoco na saída. O adversário criou muito pouco durante a partida inteira, controlamos a maior parte do jogo. Estivemos dentro da partida o tempo inteiro – disse ele.