(Foto: Reprodução)

Após o terceiro gol do Fluminense contra o River Plate (ARG), marcado pelo volante Yago com passe do atacante Abel Hernández, o técnico Roger Machado comemorou a confirmação da classificação do Tricolor às oitavas de final da Libertadores levantando as mãos para o alto e olhando para o céu.

A cena chamou a atenção e foi explicada pelo próprio treinador em participação no programa “Seleção SporTV”, na tarde desta quarta-feira. Segundo Roger, a forma de comemorar tem a ver com a sua espiritualidade. Ele lembrou ainda da mãe de criação.

– A imagem de abraços abertos tem muito a ver com um pouco da minha espiritualidade e com minha mãe de criação. Se vocês pegarem uma imagem minha de começo de jogo, eu não só abro os braços, mas também olho para cima. Sempre me recordo da minha mãe de criação, quando eu chegava dos meus jogos e ela com o radinho do lado ouvindo os comentários de como eu havia ido no jogo. Quando recorro aos braços abertos para cima eu estou confirmando que ela está lá sentadinha me observando novamente. Então é muito significativa para mim essa imagem. Passou de fato o que passava naquele momento. Eu estava agradecendo por ela estar ali ao meu lado – disse ele.