Ganso retomou as atividades após testar negativo para Covid-19 (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Considerado um dos jogadores mais técnicos do Fluminense, embora tenha tido poucas oportunidades no time principal desde a chegada de Roger Machado, o meia Paulo Henrique Ganso foi citado pelo treinador na última entrevista coletiva.

Em resposta aos jornalistas, o comandante tricolor afirmou como fica o time a partir da entrada do meia, sobretudo os volantes e pontas.

– Agora, também tem uma sensível diferença quando você adota essa postura com três médios, um dos médios sendo um meia, que é o Nenê ou Paulo Henrique. O sistema proporciona outros tipos de combinação de jogadas na medida que eu tenho um volante centralizado, tenho dois a frente, então eu consigo colocar mais gente do lado da bola, em parceria com o lateral. Eu tenho o lateral, tenho o ponta, o centroavante trancando o zagueiro, tenho esse médio entrando pra dentro do campo. As combinações mudam, então o sistema também permite. Mas as características dos jogadores do lado ajudam nesse novo momento sobretudo ofensivo desses jogadores – afirmou.