(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Em entrevista logo após a derrota para o Junior Barranquilla (COL), o técnico do Fluminense, Roger Machado, comentou sobre o resultado e afirmou não acreditar que a equipe tricolor tenha sentido emocionalmente os gols sofridos para o time colombiano. O Time de Guerreiros saiu perdendo por 2 a 0, até conseguiu diminuir, mas não teve forças para buscar o empate ou a virada.

– Não vi a gente sentir tanto emocionalmente os gols. Nos mantivemos na partida. Tanto que no segundo tempo nós conseguimos nosso gol e equilibramos novamente as forças. Jogamos contra uma grande equipe, que explorou muito a velocidade, fez um jogo muito físico. Talvez nossos jogadores mais técnicos, nesse jogo físico, acabaram sentindo um pouco. No intervalo disse que precisávamos nos adaptar às características do jogo – contou ele, complementando em seguida:

– Não podemos, mediante ao adversário mais técnico colocar jogadores mais leves ou contra um adversário de mais força colocar jogadores mais fortes. É preciso que tenha essa adaptação para fazer o que o jogo demanda. Para mim, foi muito isso. Um time rápido, forte, potente, que nos surpreendeu, sobretudo, nas jogadas de transição – finalizou.