“Tenho uma dívida muito grande com o clube”, revela Fred

“Tenho uma dívida muito grande com o clube”, revela Fred

Fred viu placas como essa no caminho até a sede do Fluminense
Fred viu placas como essa no caminho até a sede do Fluminense

O carinho que o Fluminense e seus torcedores deram a Fred pós-Mundial não sai da memória do centroavante. Muito criticado pelas atuações na Copa, sendo considerado, até mesmo, como o vilão da má campanha, o ídolo tricolor foi abraçado do caminho de casa até Laranjeiras no seu primeiro treino depois do campeonato de seleções.

– Tenho uma dívida muito grande com o clube porque no momento que mais sofri, onde fui mais apedrejado, eu tive uma sensação de que: “Meu Deus, o que vai acontecer na minha vida”. Minha vida é o futebol. Minha família, hoje, é bem estruturada por causa do futebol. O futebol me faz ajudar essas 30, 40 pessoas que dependem de mim. Minha família, amigo, meus filhos, esposa, meu pai…Depois da Copa, o clube e a torcida me abraçaram. Uma coisa que está marcado para o resto da minha vida. Não existe nada comparado ao que fizeram por mim – disse Fred, que completou:

– Quando liguei o carro para sair de casa para o treino, tinha uma placa: “A sua casa está a 17km”. Aí andava mais um quilômetro e outra placa. E foi assim, Ipanema inteira, Leblon, Copacabana e Laranjeiras. Quando cheguei estava lá minha maior fã, que até conheço, com a última placa: “Bem-vindo à sua casa”. Quando entrei mais de 100 crianças na arquibancada gritando “O Fred vai te pegar”. Cheguei no vestiário, os caras me abraçando, treinador, diretoria, fazendo planos…


Sem comentários