Torcedores do Fluminense protestam em frente ao Ministério Público do Rio

Grupo atenta para que agressores de Scudi não recebam liberdade provisória

Atentando para a possibilidade de os agressores de Pedro Scudieri serem soltos, torcedores do Fluminense se mobilizaram. Um grupo se dirigiu para o Ministério Público do Rio de Janeiro com a faixa #ForçaScudi lembrando do ato ocorrido em fevereiro, quando o tricolor foi covardemente atacada por fãs do Vasco na região do Maracanã, Zona Norte carioca.

Os advogados dos agressores de Pedro Scudiere, vítima de tentativa de homicídio no início do ano, pedirão a liberdade provisória dos envolvidos. Por esta razão, os torcedores resolveram protestar para que não haja a soltura, cobrando rigor do MP.

A investigação policial identificou David Paiva Mendes, Diego Augusto Carvalho Ribeiro, Diogo Gabriel de Souza e João Victor Correia Giffoni Hygino como agressores. Diogo e João Victor já foram presos e David e Diego Augusto são procurados pela polícia.

O MP pediu a prisão preventiva, aceita pela Justiça, e denunciou o quarteto por homicídio triplamente qualificado, associação criminosa e promoção de tumulto em eventos esportivos.