Exame de Centro Médico da Fifa apontou pequeno edema muscular em Gabriel Teixeira (Foto: Mailson Santana - FFC)

A venda de Gabriel Teixeira para o Al Wasl, dos Emirados Árabes, está sob o risco de ser cancelada. Há uma divergência entre laudos médicos e o clube do Oriente Médio tem de fechar a contratação do atacante de 20 anos do Fluminense ainda nesta segunda-feira, último dia da janela de transferências do país.

O jogador foi aprovado nos exames médicos do clube. Porém, o regulamento da liga local exige que ele seja avaliado também por um Centro Médico da Fifa, localizado em Dubai. O médico do segundo exame apontou pequeno edema muscular e alertou para o risco de lesão muscular grau 1.

Como Gabriel foi contratado para reforçar o time já visando o importante jogo contra o Al Sharjah, pelas semifinais President’s Cup, e em razão do valor investido (US$ 2 milhões de dólares – cerca de R$ 10,8 milhões), o Al Wasl reavalia a contratação. Os contratos com Fluminense e atleta já estão assinados, mas a questão médica pode ser um impeditivo para a concretização. Biel estava recuperado das lesões musculares que teve no fim da temporada 2021 e vinha treinando sem problemas no Tricolor.