Treinador explica dificuldade com o gramado artificial

Treinador explica dificuldade com o gramado artificial

Sobis marcou um gol na vitória por 4 a 3 sobre o Orlando City. Foto: Nelson Perez

Desacostumado a atuar em gramado sintético, o Fluminense teve dificuldades para derrotar o Orlando City por 4 a 3. Abel Braga explicou a dificuldade de jogar num campo em que o time não está habituado.

– Sabe o que acontece? Como a bola fica muito mais rápida que o gramado normal, que a gente joga, treina a vida toda, ela vem muito rápida. Ao invés de um, tem de dar sempre dois toques na bola para dominar. O time deles tentou pressionar. Mas nos adaptamos muito bem. O que erramos no primeiro tempo foi o último passe aqui. Jogando fora de casa, demos contra-ataques desnecessários para os caras. Mas o último passe tem a ver com o gramado, o hábito que não temos – argumentou.