(Foto: Lucas Merçon -FFF)

Ter a torcida no estádio tem sempre o seu lado bom e ruim. Em um time que está em boa fase e jogando bem, o apoio, os aplausos e a força que vem da arquibancada ajudam. No entanto, para um time que está mal, a presença do torcedor pode virar pressão, vaias e gerar nervosismo.

Como no Fluminense muitos garotos estiveram no estádio pela primeira vez com a presença dos torcedores atuando como profissional, o técnico Marcão revelou que tentou prepará-los para ambas as situações antes de a bola rolar.

– A gente tentou passar a mensagem, que realmente ia acontecer esse ambiente. Tem a parte a favor, mas em algum momento poderia ter a pressão lá de cima. Mas são meninos que tinham que vivenciar tudo isso. São meninos talentosos, que vem tendo um acompanhamento muito bom dos nossos profissionais, e eu tenho certeza de que a adaptação é muito rápida.