Tricolores viveram situações muito parecidas na Libertadores

Tricolores viveram situações muito parecidas na Libertadores

O destino pregou uma peça nos torcedores de Fluminense e São Paulo , que viveram situações muito parecidas nas duas últimas semanas pela Copa Libertadores da América. Os tricolores, dois dos candidatos ao título venceram seus jogos de virada pelo mesmo placar na última semana e nesta, jogando em casa, massacraram seus adversários, perderam gols e acabaram castigados com o empate no segundo tempo.

No caso do Flu, a virada aconteceu no Chile, diante da modesta equipe do Huachipato, que abriu o placar no fim do primeiro tempo. No Morumbi, o The Strongest, da Bolívia, time que também possui técnica limitada, fez 1 a 0 e o time paulista acabou virando.

Já nesta semana, o atual campeão brasileiro, no Engenhão, deu toda a pinta que iria golear o mesmo Huachipato. Antes de fazer 1 a 0, de pênalti, havia perdido, pelo menos, cinco chances claras de marcar. Sofreu o empate no segundo tempo e não conseguiu reagir.

Na quinta-feira, no Pacaembu, o São Paulo também passava a impressão de que derrotaria com facilidade o Arsenal (ARG). Fez 1 a 0 com Jádson, quando já havia criado várias oportunidades. Mandou três bolas na trave e acabou levando o gol de empate através de um pênalti.