Última vitória fora em estreias foi em 2016, com gol de Fred (Foto: Nelson Perez - FFC)

Contratado em 2015, Artur disputou apenas um jogo pelo Fluminense e a tendência é de que não tenha uma segunda chance. O zagueiro é um dos 21 atletas emprestados e atuou nesta temporada pelo Paraná Clube. Foi reserva no quarto colocado da Série B e a tendência é a de que busque novos ares a partir do início de dezembro.

– Ele tem contrato com o Fluminense. Tem alguns clubes interessados nele. Vamos ver o que iremos fazer agora no início de dezembro. Ainda não conversamos com o Fluminense, mas, provavelmente, a gente deve buscar uma outra equipe para ele jogar. Temos conversado com outros clubes – contou o agente do defensor, Jorge Moraes, ao NETFLU.

Antes de ser cedido ao Paraná, Artur passou um período no Goiás e no América-MG, mas também não teve muitas oportunidades. O zagueiro havia chegado ao Tricolor após passagem pelo Atlético-GO. Assinou contrato de três temporadas, encerrando, portanto em dezembro de 2018. O responsável pela aquisição foi o vice-presidente de futebol na ocasião, Mário Bittencourt.


– Na época que o Fluminense contratou o Artur, ele foi destaque do Atlético-GO naquela temporada. Tinham vários clubes querendo o jogador e o Fluminense saiu na frente. Mas é critério da comissão técnica (não utilizá-lo), não posso opinar sobre isso. Tenho de respeitar – disse o empresário.