Vanderlei Luxemburgo defende os técnicos brasileiros

Vanderlei Luxemburgo defende os técnicos brasileiros

 

Luxemburgo diz que não falta conhecimento a técnicos brasileiros (Foto: Photocamera)
Luxemburgo diz que não falta conhecimento a técnicos brasileiros (Foto: Photocamera)

Quando Abel Braga ainda era técnico do Fluminense, ele saiu em defesa da classe ao afirmar que os brasileiros da profissão não estão defasados. E o novo treinador tricolor, Vanderlei Luxemburgo, tem a mesma opinião. Ele discorda da uma declaração dada por Paulo Autuori quando chegou ao Vasco colocando que os comandantes nacionais estavam ultrapassados.

– Lá (na Europa) eles têm os melhores do mundo, contratam os melhores jogadores. Em termos de conhecimento, estamos à frente. Quando fui ao Real Madrid, o que me deixou mais feliz foi Zidane, Beckham falarem comigo. Zidane falou comigo que eu fui que coloquei ele na posição onde ele mais gosta de jogar. Que grande time você tem hoje no Brasil? Como eram aquele São Paulo (de Raí, Muller e companhia), Palmeiras (de Evair, Edmundo, Evair)? – questiona Luxemburgo.

Ao falar sobre uma suposta valorização maior de treinadores argentinos e uruguaios, Luxemburgo minimizou. Mesmo com a contratação de Gerardo Martino pelo Barcelona, o técnico lembra que no Brasil as condições para os profissionais são boas.

– O argentino é mais andarilho. Hoje aqui no Brasil você tem 12 grandes times que contratam e ganham bem. O Tite, o Mano não vão sair do Corinthians para dirigir o Villarreal. O argentino, o uruguaio, eles podem arriscar mais. O cara que sai do clube top do Brasil, só vai querer sair se for para o Milan. Nós somos avançadíssimos a termo de conhecimento, comissão técnica – comenta.