Com o Maracanã passando por reforma em seu gramado e o Nilton Santos reservado para a disputa da Copa América, o estádio de São Januário passou a ser opção para o Fluminense mandar os seus jogos. O Vasco da Gama, porém, fez questão de impor uma regra para as partidas do Tricolor no estádio: as bandeirinhas de escanteio precisam ser neutras.

Embora pareça algo irrelevante, o assunto gerou bastante polêmica entre os torcedores cruz-maltinos após o dia 20 de março, quando o Fluminense disputou uma partida do Campeonato Carioca no local e fincou bandeiras do clube nestes setores do campo. O próprio Tricolor divulgou a foto em suas redes sociais, e a situação gerou revolta em vascaínos que interpretaram o ato como um “desrespeito”. Figuras políticas cruz-maltinas de oposição à atual diretoria também se manifestaram de maneira contrária.

O cumprimento — ou não — da nova regra será verificado neste domingo (6), quando o Fluminense enfrentará o Cuiabá, em São Januário, às 11h, pela Série A do Campeonato Brasileiro.

Apesar de ainda não estar confirmado, são grandes as chances de que o Tricolor também mande o duelo contra o Santos, no dia 17 de junho, pelo Brasileirão, no estádio vascaíno.