Vasconcellos conta por que deixou cargo no Fluminense

Vasconcellos conta por que deixou cargo no Fluminense

Jackson aprova gestão de Peter Siemsen no Fluminense
Jackson aprova gestão de Peter Siemsen no Fluminense

Jackson Vasconcellos se afastou do cargo de diretor executivo geral do Fluminense para cuidar da campanha para a reeleição do presidente Peter Siemsen. O dirigente contou o porquê de ter deixado a função que já exercia ao invés de acumulá-las.

– O motivo da minha chegada como diretor executivo é o mesmo da minha saída. Assumi o cargo por ter experiência no campo administrativo e, agora, como entramos no processo de campanha, vou me dedicar para traçar a estratégia eleitoral do Peter. Seria confuso continuar a função executiva, com o papel de contratar, demitir, pagar, decidir projetos e investimentos e fazer campanha. O perfil do Peter não permite. Falam que a reeleição será mais fácil. Sou um “animal arisco” quando o assunto é campanha. Elas carregam surpresas. Mas também sou testado num fato: a qualidade da gestão é, quase sempre, elemento que define uma eleição. E, acho, sinceramente, que o Peter tem feito um excelente trabalho, principalmente quando avaliado com base nas dificuldades que o passado lhe impôs – disse.


Sem comentários