2A Portuguesa usa as armas que pode para tentar virar a mesa do Campeonato Brasileiro. O vice presidente jurídico do clube, Orlando Cordeiro, diz ter tomado conhecimento que a CBF irá desfiliar a agremiação paulista caso entre mesmo na Justiça Comum contra a decisão do STJD, que tirou quatro pontos pela escalação irregular de Héverton.

– Já ouvimos de pessoas da entidade que vamos ser desfiliados. Eles vão tentar nos estrangular economicamente. Vamos adiante. É o único caminho – disse o vice jurídico.

O presidente da Lusa, Ilídio Lico, não está convicto que procurar a Justiça Comum seja o melhor caminho. Com dificuldades financeiras, gostaria de antecipar as cotas de tv e encerrar o assunto. Mas a pressão política é forte e, por isso, o caminho deve mesmo ser o de procurar órgãos proibidos pela CBF e pela Fifa.

 

 


Sem comentários