Miguel não joga mais com a camisa do Fluminense. Na Justiça, o jogador entrou com uma ação contra o clube, por conta de acordos contratuais não cumpridos, e pede a rescisão unilateral de seu vínculo com o Tricolor. Mesmo que não tenha sucesso nos tribunais, o atleta não terá mais clima para seguir no Time de Guerreiros.

No programa “NETFLU na Rede” dessa última segunda-feira, o imbróglio envolvendo Miguel, é claro, foi assunto. Gustavo Albuquerque, da Flupress, analisou a saída precoce da joia, sem qualquer retorno financeiro ao clube verde, branco e grená, e desabafou. O jogador, inclusive, já é monitorado pelo Santos, do técnico Fernando Diniz.

Confira o vídeo: