Renato foi o principal nome da conquista do Fluminense no Carioca de 1995 ( Foto: Ricardo Ayres - Photocamera)

Que o título carioca do Fluminense em 1995 (que nesta quinta completa 25 anos) ficou na história, disso todo mundo sabe. O que poucos sabiam, no entanto, é que Renato Gaúcho, herói daquela conquista, quase parou de jogar futebol antes de chegar ao Tricolor. Já veterano (com 32 anos), vinha de uma temporada ruim pelo Atlético-MG. O então diretor Alcides Antunes foi a Búzios para convencê-lo a fechar com o Flu. Daí para frente, o resto foi história.

O Fluminense não era campeão desde 1985. O Flamengo tinha amplo favoritismo por contar com um time recheado de craques liderados por Romário, eleito melhor do mundo no ano anterior, quando foi o astro da conquista brasileira na Copa. Deixou o Barcelona para atuar no rival. O Tricolor, com dificuldades financeiras, até a chegada de Renato, tinha na contratação de Ailton, vindo do Japão, a principal aquisição.

Em pouco tempo, Renato Gaúcho conquistou a torcida tricolor. Ele defendeu o clube entre 1995 e 1997. Fez 72 partidas e 27 gols. Curiosamente, o histórico feito com a barriga não foi anotado para ele na súmula pelo árbitro Léo Feldman. O homem do apito creditou o feito a Ailton, dono da jogada.

No Carioca de 95, o ex-atacante ainda viveu com algumas lesões. Perdeu nove dos 28 jogos da competição. Fez “apenas” cinco gols. E foram quatro no Flamengo.

Confira a relação dos gols marcados por Renato Gaúcho no Estadual de 1995:

Gols: 5 ⚽⚽⚽⚽⚽
5ª rodada do 2º turno (1ª fase): Flu 3 x 1 Fla (1 gol ⚽)
6ª rodada do 2º turno (1ª fase): Flu 3 x 1 Friburguense (1 gol ⚽)
5ª rodada do 1º turno (Octagonal): Fla 3 x 4 Flu (1 gol ⚽)
8ª rodada do 2º turno (Octagonal): Flu 3 x 2 Fla (2 gols ⚽⚽)

Depois do título, Renato foi coroado como o Rei do Rio. Nada mais justo.