(Foto: Mailson Santana - FFC)

Até aqui no segundo turno do Brasileirão, o Fluminense levou gol em todos os jogos que disputou, a exceção de um, contra o RB Bragantino, no empate em 0 a 0, no Maracanã. Em entrevista, o volante Hudson avaliou os espaços deixados pela defesa tricolor nos últimos jogos.

– O Marcão e o Ailton estão tentando assemelhar o trabalho que o Odair vinha fazendo. Claro que há uma mudança, um rompimento de uma comissão técnica. O time talvez tenha sentido isso nos primeiros jogos. O Brasileiro é difícil, tem equipes muito qualificadas. Às vezes não é demérito da equipe, é mérito da outra que consegue criar. Jogamos contra o Atlético-GO lá, contra o Flamengo, o São Paulo fora. Eles tiveram méritos de criar. Estamos trabalhando para isso não acontecer nas próximas partidas. Sempre tivemos uma defesa forte e o ataque sempre que precisou estava lá para fazer os gols e ajudar a equipe – disse.

Nessa próxima quarta-feira, o Fluminense tem um duelo difícil pela frente pelo Brasileirão. Encara o Corinthians, fora de casa, em confronto direto por uma das vagas no G6, que leva à Libertadores de 2021.