Wellington Silva nega ter negociado vida de Bernardo

Wellington Silva nega ter negociado vida de Bernardo

Apontado pela polícia como o salvador de Bernardo, Wellington Silva negou que tenha sido ele o responsável a negociar com traficantes na Favela da Maré a vida do apoiador do Vasco. De acordo com o lateral-direito do Fluminense, ele estava no morro no último domingo por ter sido criado lá, mas nem sequer viu o jogador cruz-maltino.

– Nasci no Complexo da Maré, meus familiares ainda moram lá. No domingo, fui visitá-los e me falaram que o Bernardo estava lá. Tinha tempo que não falava com ele, queria encontrá-lo, fiquei esperando para ver se conseguia conversar com ele, o pessoal falou que ele estava por lá. Mas fui embora e ele não apareceu. Ele me ligou depois e disse o que aconteceu. Eu falei: “Tu é doido, Bernardo?!” Ele disse que ainda estava muito abalado e depois conversaríamos pessoalmente. Ontem (quinta), ele me ligou novamente e disse que não sabia porque meu nome estava envolvido, já que não estive com ele e soube (que era apontado como salvador de Bernardo) pela imprensa – disse.

Bernardo foi espancado e torturado no último domingo por ter sido visto com a mulher de um dos traficantes da região.