Yago torce para vacinação ser acelerada e chegar logo a quem precisa (Foto: Mailson Santana - FFC)

Por mais que a Conmebol esteja disponibilizando vacinas contra Covid-19 para delegações que disputem suas competições, o Fluminense vai abrir mão de tal possibilidade. O presidente Mário Bittencourt afirmou ter recusado. Postura essa aprovada por Yago.

O meia tricolor destacou o desconforto de ser imunizado antes de pessoas que tenham mais necessidade.

— O clube sempre adotou a postura de preservar a saúde, os atletas e as vidas. O futebol teve que voltar mesmo nesse tempo que ainda não passou. Minha torcida é para que a vacinação seja acelerada e alcance o máximo de pessoas o mais rápido possível. Não me sentiria bem, também, de tomar a vacina antes de quem mais precisa – disse.

Clubes como Athletico e Atlético-MG aceitaram a oferta da entidade.