(Foto: Lucas Merçon - FFC)

O posicionamento de recusa do Fluminense das vacinas contra a Covid-19 ofertadas pela Conmebol foi assunto na entrevista coletiva do volante Yago, nesta segunda-feira, no CT Carlos Castilho, na Barra da Tijuca. Assim como outros atletas já haviam falado, Yago concorda com a postura do clube.

– Nesse momento que temos vivido, de bastante dificuldade, muitas pessoas que não sobreviveram. Temos de ter empatia para que as pessoas que necessitam, precisam, sejam alcançadas o mais rápido possível. Torço muito para que chegue também até a gente. Também estamos sendo expostos, muitos jogos, viagens. Temos o risco, mas há pessoas necessitando. Espero que chegue a elas o mais rápido possível para que chegue também à nossa casa – disse ele.

Na última semana, o presidente tricolor Mário Bittencourt falou sobre o posicionamento do Flu em relação às vacinas e adiantou que recusará as aplicações caso a Conmebol ofereça. Para o mandatário do clube, seria “antipático com a população brasileira”.