Wallace insiste que não teve intenção de colocar a mão na bola

Wallace insiste que não teve intenção de colocar a mão na bola

wallaceUma imagem vale mais do que mil palavras, diz a frase. Mas Wallace briga contra o óbvio. O zagueiro do Flamengo continua insistindo que não teve intenção de colocar a mão na bola antes de ela chegar a Emerson e encontrar a rede no clássico com o Fluminense, domingo, no Maracanã.

– Na verdade, eu não senti a bola bater no meu braço. Eu tentei fazer a alavanca para cabecear. Não percebi, tanto que nem vi que tinha sido gol. Eu não quis tirar vantagem em nenhum momento. Depois do jogo, eu vi o lance e afirmei que a bola tinha batido no meu braço. Não há o que questionar nem discutir. No ano passado, contra o Vasco, eu disse no intervalo que a bola entrou e o juiz não deu. Se eu tivesse sentido que a bola bateu no braço, teria afirmado tranquilamente. Sinceramente, não percebi. Às vezes, a gente toma uma pancada durante o jogo e não sabe. Eu nunca usei de nada para tentar me beneficiar. Jamais iria usar isso a meu favor. Mas é visível que a bola bateu no braço. No calor do jogo, existem coisas que você não percebe. Fico chateado porque questionaram minha honestidade. Tentaram insinuar que eu era desonesto, que eu tentei tirar proveito – disse o jogador.

Reveja o vídeo abaixo (a partir de 1:41) e tire suas conclusões se Wallace teve ou não a intenção de levar a mão à bola:

&


Sem comentários