Abel conta que pensou em pedir demissão após jogo contra o Grêmio

Abel conta que pensou em pedir demissão após jogo contra o Grêmio

abel2Logo após a derrota para o Grêmio por 2 a 0 na Arena, o técnico Abel Braga conta que chegou a cogitar em pedir demissão. O Fluminense acabou sendo mais rápido e o dispensou. A ideia do treinador era esperar, pelo menos, até o jogo seguinte, contra o Cruzeiro, que acabou sendo dirigido por Vanderlei Luxemburgo.

– Eu acho que naquele momento, quando acabou o jogo contra o Grêmio, fomos jantar eu e o Leomir, conversamos muito e a minha ideia era dizer “Léo, acho que está na hora de puxar o barco”. Nós estávamos fazendo uma ótima partida contra o Grêmio. Na hora de entrar no vestiário, o Wellington (Silva) não conseguiu colocar o pé no chão. Eu não acreditei. E o menino que eu ira levar, o Julião, não foi porque tinha tomado corticoide (substância dopante) e o Bruno estava machucado. O time estava certo, a torcida do Grêmio vaiando, 0 a 0, e aí tive que mexer em duas posições, colocando o Jean de lateral e o Diguinho no meio. Tomamos dois gols bobos. Nesse jantar eu acabei pensando “não, eu vou tentar contra o Cruzeiro ainda, não vou largar assim. A gente tem que mudar, não é possível, porque vínhamos jogando bem”. Mas aí veio (a demissão). Doeu um pouquinho – contou Abel.