Técnico pediu para a torcida não vaiar o volante (Foto: Lucas Merçon/FFC)

A saída de Junior Sornoza e a entrada de Marlon Freitas irritaram muitos torcedores do Fluminense que foram ao Engenhão nesta quinta-feira. Os tricolores vaiaram a substituição muito mais por não concordar com a saída do equatoriano do que pela entrada do volante. O técnico Abel Braga disse não ter entendido a reação.

– Ela (a vaia) abala, não tenha dúvida. Por ser um jovem. O que o Marlon Freitas fez de errado até agora no Fluminense? Nada. Teve uma responsabilidade muito grande no ano passado em um momento muito difícil da equipe e procurou ajudar da melhor maneira possível. Eu não entendi o porquê (das vaias) e ainda virei para a torcida e pedi para incentivar o garoto. Porque ele entrou no lugar de um que não estava bem – comentou Abel.

A ira dos torcedores aumentou quando Marlon Freitas errou na saída de bola, propiciando um contra-ataque ao Avaí. Através dele, o time catarinense virou para 2 a 1 e deu números finais ao jogo.