Foto: Cesar Greco - Agência Palmeiras

Fluminense e Gustavo Scarpa buscam entrar em acordo. Já houve um contato entre as partes recentemente para que o consenso aconteça. A revelação foi de Rui Meier, um dos advogados tricolores.

– Sempre. Tudo depende das partes e conciliarem. O Fluminense conversou com o atleta e seus representantes na semana passada, mas não chegamos a um acordo. Tudo é questão de conciliar. O vínculo dele, hoje, é com o Fluminense. Mas ele optou por não se reapresentar ao trabalho, o que é uma faculdade legal dele, então é por isso que ele não está jogando – explicou Rui.


Nesta segunda-feira, a juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do TRT-RJ deu dez dias para que as partes apresentarem suas razões. Negou a reconsideração do pedido de antecipação de tutela, requerida pelos advogados de Gustavo Scarpa. Portanto, continua vinculado ao Fluminense.