(Foto: Reprodução/Instagram)

A temporada atual é de suma importância para o Fluminense dentro e fora de campo. No final do ano, o clube saberá quem será o novo presidente, numa eleição ainda envolvida em dúvidas, já que não se sabe se o voto online, promessa de campanha de Mario Bittencourt, será empregado.

Principal nome para concorrer contra o mandatário atual, o milionário Pedro Antônio ainda não se posicionou. Enquanto isso, os pré-candidatos Marcelo Souto e Ademar Arrais têm se movimentado nos bastidores.


O NETFLU apurou que o vice-presidente de futebol, Celso Barros, já foi procurado por ambos para conversar a respeito de possíveis apoios e o futuro do clube. Todas as conversas, porém, têm caráter embrionário, uma vez que nem o próprio ex-presidente da Unimed ainda sabe de vai participar do processo eleitoral deste ano.

Vale lembrar que Mário Bittencourt assumiu de forma antecipada, depois que Pedro Abad deixou o cargo antes do fim de seu mandato. O advogado foi eleito com a maioria dos votos, na chapa em que formou com Celso Barros.