Ao contrário do Volta Redonda, prefeitura quer o jogo

Ao contrário do Volta Redonda, prefeitura quer o jogo

Raulino de OliveiraO presidente do Volta Redonda, Flávio Horta, é contra a realização de Fluminense x Atlético-PR, nesta quarta-feira,  no Raulino de Oliveira, pela Primeira Liga. A represália, no entanto, não ganha coro da administração do estádio. Embora leve as cores do clube, o local é patrimônio da prefeitura da Cidade do Aço, que é favorável à partida.

O clube auri-negro alega que será prejudicado, já que teve um pedido de amistoso negado na semana passada. O motivo: o gramado do estádio passava por reformas.

– Se o time da cidade não conta com o prestígio da prefeitura, então o clube pode tirar do estádio o nosso jogo de domingo pelo Estadual – cogita um dirigente do Volta Redonda, que pediu anonimato.

Nesta terça-feira haverá uma reunião para decidir os últimos detalhes. Como não houve tempo hábil para a confecção de ingressos, devido a todo o imbróglio com a Ferj e CBF, a entrada para o confronto poderá ser um quilo de alimento não perecível ou até mesmo portões abertos.

Apesar das retaliações da Ferj e da CBF, a partida acontecerá. A delegação do Atlético-PR já está no Rio de Janeiro. O Sportv transmite o confronto ao vivo.


Sem comentários