fredgersonO site oficial do Fluminense, através dos números, apontou os destaques do time no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Utilizando de adjetivos, “premiou” aqueles que tiveram um melhor aproveitamento, seja no quesito gols, assistências, dribles, assiduidade e desarmes. Confira os  eleitos:

 

Artilheiro


A pontaria do camisa 9 tricolor está calibrada como sempre. Maior goleador do Brasileirão em 2012 e em 2014, Fred já tem seis gols anotados nesta edição do torneio, quatro a menos que o atual artilheiro Ricardo Oliveira, do Santos. O capitão também é o atleta do Time de Guerreiros que mais arremata, com 33 finalizações, sendo 17 na direção do gol.

 

Driblador

No mano a mano, ninguém foi superior ao lateral-direito Wellington Silva, uma das principais armas ofensivas do Fluminense. No total, o talentoso camisa 25 venceu 18 duelos individuais com seus dribles desconcertantes.

 

Precisão

Joia lapidada na Fábrica de Talentos de Xerém, Marlon Santos encanta a todos pelo jeito seguro, técnico e tranquilo de jogar futebol. Mesmo sendo zagueiro, o jogador possui o melhor índice de passes corretos do elenco: são 312 bolas precisas de um total de 342, obtendo assim a impressionante média de 91% de acertos.

 

Cão de guarda

Quando o assunto é desconstruir as jogadas articuladas pelas equipes adversárias, Edson é insuperável. Além de ser excelente elemento surpresa no setor ofensivo, o volante é o maior ladrão de bolas do Tricolor. São 45 desarmes completos neste primeiro turno.

 

Garçom

Mais um troféu para o atacante Fred. Provando que o bom centroavante não contribui apenas quando empurra a bola para o fundo da rede, ele foi o jogador que mais serviu os companheiros neste primeiro turno. Foram 22 passes para finalização, sendo que três foram convertidos em gol. No quesito assistência, o camisa 9 está empatado com o meia Gerson, que também agraciou os companheiros com três bolas açucaradas que terminaram em gol nestas 19 primeiras rodadas.

 

Frequência

O jogador do Fluminense que teve a caderneta com mais carimbos de presença neste Brasileiro foi Diego Cavalieri. Defendendo a meta do Time de Guerreiros em 18 das 19 rodadas, o Paredão Tricolor já soma 1728 minutos em campo neste Brasileiro. A única partida em que não atuou foi justamente a última, diante do Figueirense, quando esteve suspenso por ter recebido três cartões amarelos.


Sem comentários