Matheus Cunha diz que impressão à distância de Diniz era de que ele poderia ser um pouco bravo (Foto: Vitor Silva - CBF)

A CBF divulgou o vídeo com os bastidores da estreia da seleção nas Eliminatórias com vitória de 5 a 1 sobre a Bolívia, na última sexta-feira, no Mangueirão. O discurso de Fernando Diniz na preleção ganhou destaque e o técnico foi muito elogiado por Matheus Cunha.

Em entrevista coletiva, o atacante do Brasil destacou a maneira humana com a qual o técnico do Fluminense e interino da seleção se dirige aos jogadores. O tratamento dispensado pelo treinador motiva ainda mais o grupo a ir a campo e desempenhar bem seu papel.

— São palavras que desejaria que muitos jogadores de futebol escutassem, porque mexe muito com a gente. A gente parece estar em um pedestal, onde somos intocáveis, mas somos meros jovens, filhos, pais e amigos. Por toda força e capacidade que tivemos para chegar onde chegamos, em alguns momentos até duvidamos de nós mesmos, isso como um ser humano normal. Ter alguém comandando teu barco com esse pensamento, é algo incrível e que nos motiva muito – falou, prosseguindo:


— Quando ouvimos ele falar até brincamos que a gente vê vídeos dele, principalmente nós que estamos fora e não tivemos experiência com ele, e imaginamos que ele seja um cara um pouco mais bravo, com as palavras um pouco mais duras. Quando ele chega e fala dessa forma tão humana, a gente fica muito mais motivado. A gente tem sentimentos para colocar em campo que em alguns momentos nós não tínhamos. É algo que nos faz crer mais naquilo em que estamos participando.