Foto: Divulgação/Macaé

Não é só o Fluminense que está inserido na “novela” Matheus Babi. Além do clube das Laranjeiras, o Athletico-PR também deseja contar com o centroavante do Botafogo. A situação, no entanto, ainda não foi definida.

Segundo o portal GE, o Athletico mantém a proposta pela compra dos 60% dos direitos econômicos do atacante Matheus Babi. A oferta gira em torno de € 1,2 milhão (R$ 10 milhões). O clube já manifestou o interesse de pagar à vista, o que é visto com bons olhos especialmente pelo Botafogo, que detém 40% (30% de vitrine).

É de fundamental importância frisar que o Serra Macaense é o dono da maior parte dos direitos do atleta. Na negociação, os paranaenses deixariam o Bota ficar com 10% para lucrar em uma eventual revenda.

A negociação estava bem encaminhada até que o Fluminense apareceu na disputa com uma proposta de € 1 milhão (R$ 6,7 milhões), por 25% dos direitos econômicos do Serra e com um pacote de jogadores oferecidos ao Botafogo: Daniel Bolt (LAD), Frazan (ZAG), Yuri (VOL), Caio Vinicius (VOL), Wallace (MEI) e Samuel (ATA). O Alvinegro não aceitou os jogadores e espera receber sua parte em dinheiro.