Foto: Nelson Perez/FFC

Ser campeão carioca ou não dependerá de diversos fatores. Mas os jogadores do Fluminense já podem ser considerados vencedores nos quesitos superação e comprometimento. A crise financeira que assola o clube faz com que pagamentos, até o momento, não sejam honrados. O clube acumula atrasos no direito de imagem aos atletas. Alguns não recebem há cinco meses, informou o jornal Extra.

O salário registrado na carteira de trabalho está em dia. Entretanto, o direito de imagem é parte importante da remuneração. Em alguns casos, corresponde a 50% dela. Em outros, chega a 70%.

A transparência da diretoria deixa o ambiente mais leve. O grupo compreende a situação e não se queixa. O presidente Pedro Abad conversou com os jogadores na última semana e se comprometeu a quitar todos os atrasados de uma só vez, no máximo, até a segunda quinzena de maio.