(Foto: Lucas Merçon - FFC)

O batalha judicial entre Atlético-MG e Fred vai ganhando mais um capítulo. O Galo vai pedir uma ação de execução na Justiça do Rio para receber a multa rescisória no valor de R$ 10 milhões quando o atleta deixou o clube com destino ao rival Cruzeiro, em 2017.

Por conta dos juros e as correções monetárias, a quantia a ser paga já supera a casa dos R$ 18 milhões. O clube mineiro tem decisão favorável na Câmara Nacional de Resoluções de Disputas (CNRD) e em esfera jurídica. Vale destacar que o valor a ser pago é referente a uma multa estipulado em contrato em caso de assinatura com o rival de Minas.

Em entrevista à Rádio 98FM, de Minas Gerais, o vice-presidente do Atlético-MG, José Murilo Procópio, confirmou a informação.

– Nós estaremos ajuizando oficialmente a ação e a execução contra o Fred na próxima semana, no Rio de Janeiro.

O dirigente do Galo completou:

– Demora, porque agora que vamos iniciar a execução, agora que chegamos ao valor líquido e certo, e passamos por todas aquelas instâncias administrativas, como foi na CNRD, ações da Justiça do Trabalho, aquilo tudo já está superado. Agora é uma mera execução porque temos o valor líquido e certo para ser cobrado.