Fred fez o que se espera de um artilheiro (Arte: Jonathan Christian - NETFLU)

Diego Cavalieri – Nota: 5

Por mais que tenha sofrido três gols, não teve culpa em nenhum deles. No segundo da Ferroviária, chegou a salvar a primeira bola.

Jonathan – Nota: 4

Teve boa presença ofensiva pelo lado direito. Lá atrás, porém, errou em demasia.

Gum – Nota: 3,5

Facilmente envolvido em diversos lances de ataque da Ferroviária. Levou drible desconcertante no terceiro gol adversário.

Henrique – Nota: 3

Bateu cabeça lá atrás. Foi driblado no segundo e perdeu na dividida no terceiro gol da Ferroviária.

Wellington Silva – Nota: 5

Defensivamente, teve dificuldade como todo o time. Quando foi à frente, teve participação efetiva e deu bom cruzamento para o gol de Magno Alves.

Pierre – Nota: 4

Enrolado na hora dos passes, cedeu espaços lá atrás. Teve o mérito de causar a expulsão do goleiro adversário.

(Magno Alves, 17 do 2ºT) – Nota: 7

Sua entrada fez diferença na partida. Marcou o de empate, procurou participar das tabelas lá na frente e ainda deu piques para ajudar a defesa nos contra-ataques adversários.

Cícero – Nota: 4,5

Talentoso, distribuiu bons passes, como no início da jogada do segundo gol. Por outro lado, foi displicente em outros lances errando jogadas até mais fáceis.

Osvaldo – Nota: 5

Pelo lado direito, fez a jogada que originou no pênalti convertido por Fred. E parou por aí…

(Marcos Junior, intervalo) – Nota: 5

Chegou a criar uma situação de perigo, quando achou Cícero pelo lado direito e o meia bateu para fora. Foi pouco, poderia ter participado mais.

Gerson – Nota: 4,5

Conseguiu fazer uma ou outra jogada individual, mas ficou apagado na criação.

(Douglas, intervalo) – Nota: 5

Ficou mais preso à marcação para dar liberdade a Cícero. Neste quesito, foi bem. Quando tentou passes mais esticados, errou a maioria.

Gustavo Scarpa – Nota: 7

Em meio à mediocridade que foi o Fluminense, saiu-se bem. Criou as melhores situações ofensivas e deu cruzamento perfeito para gol de Fred, além de bater uma falta no travessão.

Fred – Nota: 8

Fez o que se espera de um centroavante. Bateu pênalti com precisão e, bem colocado, fez um belo gol de peito escorando cruzamento de Scarpa.

Levir Culpi – Nota: 4

O Fluminense foi um time desorganizado em campo e, mesmo com um a mais, chegou a ser dominado pela Ferroviária. O tempo livre parece não ter surtido o efeito necessário. Atrás no marcador, teve o mérito por ousar e lançar Magno Alves, que entrou bem e salvou o time de um vexame maior.