Atuações NETFLU – Fluminense 2 x 1 Palmeiras

Atuações NETFLU – Fluminense 2 x 1 Palmeiras

Fred vinha bem, mas se lesionou e saiu (Foto: Nelson Perez - FFC)
Fred vinha bem, mas se lesionou e saiu (Foto: Nelson Perez – FFC)

Por Rodrigo Mendes

Diego Cavalieri – Nota: 6

Foi pouco exigido. Levou um gol de pênalti e mostrou estar ligado nas saídas de gol.

Wellington Silva – Nota: 6

Foi bem na marcação, mas não se apresentou tanto no ataque como de costume.

(Higor, 17 do 2ºT) – Nota: 6

Entrou para compôr lá atrás e marcou com correção.

Gum – Nota: 6,5

Cochilou em lance que quase terminou em gol de Gabriel Jesus. Marcou o segundo do Fluminense e teve um pênalti injusto creditado a si.

Marlon – Nota: 7

Muito seguro. Marcou de perto os jogadores do Palmeiras e ainda saiu com qualidade com a bola nos pés.

Breno Lopes – Nota: 6

Voluntarioso, deu muita opção pelo lado esquerdo. Em alguns lances se enrolou com a bola, mas ainda assim colaborou.

Jean – Nota: 6,5

Aplicado taticamente, ficou mais preso à parte defensiva e tentou avançar quando achou espaço.

Cícero – Nota: 7

Cumpriu importante papel no time. Compôs bem os espaços no setor defensivo e em determinados atuou como líbero colaborando com a distribuição das jogadas lá atrás.

Marcos Júnior – Nota: 7,5

Teve boa movimentação. Esperto, fez o primeiro gol do Fluminense. Cansou um pouco no segundo tempo e perdeu boa chance após belo passe de Gustavo Scarpa.

(Gerson, 31 do 2ºT) – Nota: 6

Tentou as tabelas na frente quando teve oportunidades. Não faltou esforço.

Vinícius – Nota: 6,5

Centralizado, foi bem na distribuição do jogo.

Gustavo Scarpa – Nota: 7

Começou tímido, mas cresceu absurdamente no segundo tempo. Deu bons passes, arriscou chutes e jogadas de fora da área e chegou a deixar Marcos Júnior na cara do gol em lance desperdiçado pelo atacante.

Fred – Nota: 7,5

Ia muito bem no jogo, comandando o time. Participou dos dois gols. No primeiro, cabeceando para rebote de Prass e sobra de Marcos Júnior. No segundo, sofreu falta que Gum mandou para a rede na sequência. Num lance de infelicidade, torceu o joelho esquerdo e precisou sair.

(Magno Alves, intervalo) – Nota: 6,5

Entrou com muita vontade e, apesar dos seus 39 anos, movimentou-se muito na frente incomodando a defesa adversária.

Eduardo Baptista – Nota: 7

Armou muito bem o Fluminense. Não fosse a intervenção infeliz do árbitro, levaria vantagem espetacular para o jogo da volta.


Sem comentários