Azedou? Vinícius desabafa e dá a entender que não é valorizado

Azedou? Vinícius desabafa e dá a entender que não é valorizado

ddDestaque do Fluminense nas rodadas iniciais do Brasileiro até sofrer uma fratura, Vinícius retornou há pouco menos de um mês ao time. Entrando, pouco a pouco, na equipe, o jogador ainda busca o melhor ritmo de jogo. O ambiente, porém, que parecia tranquilo, pode se complicar. Através de uma postagem em seu Instagram, Vinícius desabafou, falando em valorização e em dedicação, além de desferir críticas, sem mencionar o nome de ninguém.

– As vezes tudo que precisamos é de um estalo que nos faz capaz de enxergar, qual direção estamos indo, o que estamos realizando, o que nos espera e o que almejamos. Devemos ser fugaz em alguns momentos e ora compassados no que a vida nos dá. Mas existe uma certeza! Invista em si! Isso lhe trará vitórias abundantes! A cada dia uma batalha vencida, a guerra é diária e eu sei que vou vencer, as dores vão sumir e eu vou recuperar todo tempo perdido pra mim, mas sei que tudo nisso, Deus está presente. Um dia o falador vai passar mal, porque não me conhece e me julga, mas o Homem lá de cima é pai e sabe de todas as coisas. Minha motivação está em Deus, nos meus pais, na minha família, nos meus amigos, que estão comigo nos momentos bons, mas nos ruins também, essa lesão me serviu pra ver muita coisa, cheguei a me perguntar porque várias vezes, mas Deus tem um propósito, com certeza.. Desculpem o desabafo, mas tem muita gente falando o que não sabe, aqui tem homem que assume suas responsabilidades e com certeza sobre o meu futuro, eu vou valorizar quem me valoriza, e se não me valorizar, foi um prazer estar aqui! Valeu – escreveu.

Vale lembrar que, recentemente, o vice-presidente de futebol, Mário Bittencourt, deu uma entrevista à Rádio Transamérica, salientando que iria esperar mais um pouco, devido a contusão, para abrir conversas de renovação com o meia.

– Vamos esperar um pouquinho mais, não em função da lesão, muito antes pelo contrário. É uma questão de uma fase que ele tem de viver agora. Retorno de uma contusão séria. Deixa ele voltar para o campo, se reambientar e, depois, certamente, vamos sentar para conversar – explicou o dirigente na ocasião.


Sem comentários