Mário Bittencourt diz que folha salarial do Fluminense está em R$ 4 milhões (Foto: Mailson Santana - FFC)

Na temporada passada, Mário Bittencourt havia prometido aumentar a folha salarial do futebol do Fluminense nesta temporada em 30%, visando à disputa da Copa Libertadores. Mesmo com as contratações feitas visando ao ano de 2021, o presidente afirma que o incremento ficou abaixo do previsto. Isso porque também houve saídas.

– Foi abaixo de 30%. Uma coisa importante é que a gente trabalha o exercício, toda folha oscila o ano inteiro. Quando a gente trouxe esses jogadores, a gente ainda tinha no elenco Michel Araujo e Fernando Pacheco, esses dois caras saíram e nós não estamos pagando esses dois salários. O Yuri também saiu. Por isso agora ela está menos de 30%. Isso vai variar. Ano passado, ela girava em torno de R$ 3,2 milhões. Isso é folha líquida: salário mais imagem. Agora, está em R$ 4 milhões – disse.

Para esta temporada, o Fluminense contratou Samuel Xavier, Manoel, David Braz, Rafael Ribeiro (agora como time sub-23), Wellington, Cazares, Abel Hernández e Raúl Bobadilla.