(Foto: Mailson Santana - FFC)

Luiz Henrique e Kayky vinham sendo os titulares do time do Fluminense até a partida da decisão do Campeonato Carioca, contra o Flamengo. Após esse jogo, no duelo frente ao River Plate (ARG), em Buenos Aires, o técnico Roger Machado resolver fazer mudanças e implementou as entradas de Caio Paulista e Gabriel Teixeira.

A dupla correspondeu e seguiu na equipe principal para a partida contra o São Paulo, nesse último sábado. Em entrevista coletiva, o treinador tricolor explicou as diferenças entre os seus pontas, as qualidades de cada um e no que contribuem dentro do campo de jogo.

– São características diferentes, mas eu tenho cobrado muito sim de Kayky e Luiz, e eu costumo a falar nas palestras que ‘perna rápida é perna na bola’, eu não posso estar bem posicionado na zona, e quando a bola entra no meu alvo eu tenho que encurtar o mais rápido possível para tomar essa bola. Existe uma razão para isso, porque eu preciso que os quatro jogadores de frente contribuam com esse processo defensivo, porque senão meus volantes e meus zagueiros sofrem muito. E dentro desta característica, Biel e Caio, sem perder a força ofensiva, contribuíram muito quando foram titulares. Mas eles estão melhorando, hoje eu vi Kayky e Luiz entraram mais atentos a este processo, eu vi os dois roubando bola defensivamente – disse Roger.