Caso Levir: Flu anuncia demissão de funcionária do departamento jurídico e advertência à diretora

Treinador cobra dívida milionária na Justiça

O Fluminense emitiu uma nota oficial na tarde desta sexta-feira comunicando a demissão de uma funcionária do departamento jurídico e advertência a diretoria do mesmo. As ações são decorrência das falhas que o clube admite no processo movido por Levir Culpi na Justiça.

Em entrevista ao jornalista Paulo Brito, do NETFLU, na última quarta-feira, o advogado de Levir Culpi, Fábio Cruz, revelou detalhes do processo, informando que o Tricolor preferiu que o caso fosse ajuizado, correndo o risco de pagar mais de R$ 3 milhões, do que chegar a um acordo de pouco mais de R$ 700 mil que o treinador cobrara. Ouça aqui.

O Fluminense não compareceu à audiência, o que foi caracterizado como uma confissão de culpa. Veja abaixo a nota oficial do Flu:

O Fluminense Football Club informa que a diretora jurídica Roberta Fernandes foi advertida após a falha ocorrida no processo movido pelo ex-técnico do clube, Levir Culpi.  A diretoria também comunica o desligamento da funcionária Cecilia Almada. O Fluminense agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso em sua carreira. A gestão ratifica que novos controles foram criados com o objetivo de minimizar o risco de imprevistos e reafirma o compromisso de profissionalização e transparência.