(Foto: Divulgação - CBF)

As edições de 2021 do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil terão uma central do VAR, que funcionará na sede da CBF, no Rio de Janeiro. As obras para a construção da sala já estão em cursos e deverão estar prontas até dia 29 de maio, data prevista para o início da Série A.

Com essa centralização, a CBF objetiva ter decisões mais uniformes e com o mesmo critério para todos. Em 2020, o VAR foi motivo de muita reclamação por todos os clubes, principalmente aqueles que disputaram o título até a última rodada do Brasileirão.

Em entrevista, o presidente da entidade, Rogério Caboclo, embora tenha admitido alguns erros ao longo do torneio, saiu em defesa da arbitragem.

– Na verdade não existe prejudicado ou clube favorecido. Se tem uma classe isenta, [em] que aposto, é uma classe que pertence ao time da CBF. São profissionais que merecem todo o nosso respeito. É a classe da arbitragem – afirmou Caboclo.