Celso Barros opina sobre imbróglio na Justiça Desportiva

Celso Barros opina sobre imbróglio na Justiça Desportiva

polemicaPoucas vezes Celso Barros se pronunciou sobre os casos Héverton e André Santos. Ao blog “Bastidores F.C”, do site Globoesporte.com, opinou sobre o tema e parabenizou o bom senso da Justiça Desportiva.

– Claro que não é bom. Mas existe um regulamento. E esse regulamento tem que ser cumprido, se não vale qualquer coisa. Se pode escalar o jogador irregular, então vale tudo. A Justiça Desportiva tem que prevalecer. A Justiça Comum é um direito, mas tem que se manter a Justiça Desportiva. Se não, perde totalmente o sentido. Acho que o regulamento não foi cumprido por esses clubes (Flamengo e Portuguesa_, e a decisão foi de 13 votos a zero.  Não é agradável, claro, o ideal é que não tivessem escalado errado e vencido no campo – declarou Celso Barros, presidente da Unimed.


Sem comentários