Foto: Mailson Santana/FFC

Alan vai seguir no Fluminense. Após o atacante receber no fim de junho uma proposta do Qingdao Hainiu, da China, a negociação melou nos últimos dias. O clube tricolor e o staff do jogador, de 33 anos, chegaram a ter conversas avançadas para o atleta retornar ao país asiático, onde jogou por sete temporadas entre 2015 e 2021 e se naturalizou chinês.

Em contato com a reportagem do GE, o empresário de Alan, Leandro Lima, explicou que o motivo foi a falta de garantias bancárias do clube chinês para concluir o negócio:


– O futebol chinês passa por uma grande reformulação, durante esse processo muitos clubes faliram, outros foram punidos pela Fifa, novas regras foram criadas… Infelizmente, o clube interessado não apresentou garantias necessárias para o atleta e para o Fluminense concluírem o negócio – disse.