Marcelo Campos Pinto seria o executivo da Liga
Marcelo Campos Pinto seria o executivo da Liga

O Campeonato Brasileiro pode ser comandado por uma liga de clubes, desde que eles entrem em consenso. Ricardo Perrone, blogueiro do portal Uol, explica que o projeto tem Marcelo Campos Pinto, homem forte da Globo Esportes, como o executivo, desde que deixe a emissora carioca.

A ideia é dividir o poder com a CBF. As agremiações cuidariam, principalmente, da parte comercial do Campeoanto Brasileiro, como a venda dos direitos de TV, que voltaria a ser feita em bloco, método usado na época do Clube dos 13, não individualmente, modelo adotado hoje. A tabela seria elaborada por um executivo em conjunto com a emissora de televisão que transmitir os jogos. Outros assuntos técnicos, como a escalação de árbitros, ficariam sob a batuta da confederação.

A  a maioria dos clubes entende que o presidente da Confederação, Marco Polo Del Nero, está fragilizado por causa das investigações do FBI sobre supostos casos de corrupção no futebol e que atingem cartolas brasileiros. Assim, consideram o momento ideal para cobrar o aumento do poder dos times nas decisões sobre o Brasileirão.


Sem comentários