(Foto: Divulgação - CBF)

Os representantes dos clubes das Séries A e B se reúnem ao longo desta segunda-feira em São Paulo. O planejamento é oficializar a criação de uma liga em cerca de três meses. Até lá, existe a expectativa que já se tenha uma formatação da estrutura organizacional para a assinatura do estatuto.

Nesta segunda, será votado o cronograma. No último dia 15, os clubes entregaram à CBF uma carta com a intenção da criação da liga. O objetivo é organizar e desenvolver economicamente o Campeonato Brasileiro.

Dentro dos próximos três meses, o objetivo é que seja eleito um presidente para a liga. No entanto, há um temor de que eventual ciúme ou sinalização de preferência por algum clube que mine a iniciativa.

Os clubes desejam já a partir de 2022 organizar o Brasileirão. Eles também querem recuperar representatividade política na CBF, tanto mudando o estatuto para os votos tenham mesmo peso das federações estaduais quanto publicamente apoiando um candidato específico. Nas assembleias eleitorais da entidade, as federações têm peso três. Clubes da Série A, dois. Os da B, um.